top of page
  • Foto do escritorRodrigo Ghiggi

Matrícula forjada NãO!

Uma instituição de ensino superior da capital foi condenada a indenizar uma estudante, a título de danos morais, após inscrever o nome dela em cadastro de proteção ao crédito por suposta inadimplência na contratação do curso de Filosofia. Ocorre que, conforme ficou demonstrado nos autos, a estudante nem sequer havia sido aprovada para o curso em questão, o que impediria a instituição de considerá-la aluna matriculada.



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page